'Não se deixem enganar! ANEEL anuncia redução no valor da conta de luz, porém Energisa assume que a tarifa vai subir!'

“É um aumento vergonhoso, para um estado que é um dos maiores produtores de energia elétrica do Brasil”

Assessoria
Publicada em 11 de dezembro de 2019 às 09:46
'Não se deixem enganar! ANEEL anuncia redução no valor da conta de luz, porém Energisa assume que a tarifa vai subir!'

Após estar presente na 46ª Reunião Ordinária desta terça feira (10) na ANEEL, o Deputado Federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), retornou imediatamente à Comissão de Minas e Energia na Câmara dos Deputados, para deixar bem clara sua desaprovação à revisão tarifária proposta pela Energisa Rondônia (confira o vídeo na íntegra).

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) divulgou que “a conta de luz dos consumidores residenciais de energia elétrica de Rondônia vai cair 0,78% a partir da próxima sexta-feira (13/12)”; porém, na realidade, a nota foi uma maneira de encobrir o aumento médio de 0,11% nas tarifas da Energisa Rondônia.

A verdade foi revelada logo depois pelo parlamentar, que demonstrou sua indignação e afirmou que “Apesar dos consumidores residenciais receberem uma ridícula redução na fatura de 0,78%; o valor continua altíssimo para uma região que tem capacidade de geração de energia suficiente para abastecer todo estado”.

A tarifa por MW/hora para as residências no Estado cairá dos atuais R$ 581,37 para R$ 576,82, o que parece uma piada de mau gosto. Enquanto isso a Energisa recolheu de ICMS, só em 2019, 279,2 milhões de reais, tornando Rondônia o 16º estado que mais arrecada o imposto. 

“Agora, o que NÃO FOI DITO, é que houve um AUMENTO de 0,24% para todas as empresas conectadas à baixa tensão, ou seja, o prejuízo recairá sobre nossos MICRO E PEQUENOS EMPRESÁRIOS”, ressaltou Coronel Chrisostomo.

Segundo a Aneel, os índices irão variar de acordo com o tipo de consumidor. Para quem recebe energia em alta tensão, como as grandes indústrias, por exemplo, haverá uma redução de 0,27%.

Porém, para quem recebe energia em baixa tensão haverá um aumento de 0,24%, o que inclui a maioria dos empresários, comerciantes e pequenos agricultores da região. E não houve explicação que justificasse o aumento. A previsão é que as novas tarifas passem a vigorar a partir desta sexta-feira, 13.

“É um aumento vergonhoso, para um estado que é um dos maiores produtores de energia elétrica do Brasil”, frisou o deputado. Na próxima semana, completa um ano que a distribuidora já havia aumentado em 25% as tarifas.

O parlamentar afirma que, como novo integrante da Frente Parlamentar Mista em defesa da Micro e Pequena Empresa de Rondônia, irá assegurar o crescimento deste setor tão importante na economia deste país, e fará de tudo para resolver de uma vez por todas estes aumentos abusivos de energia em Rondônia.

Confira no vídeo:

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Ralfo Penteado 13/12/2019

    ANEEL e malapretagen, tão cara de pau com suas falsas vantagens somente acolhidas pelos incautos. Abre o olho presidente, todas as agências estão bichadas.

  • 2
    image
    brazilino viana 11/12/2019

    Parece piada, esses parlamentares acham que todos somos uns tontos, isso mesmo uns tontos. Ora, eles que dão sustentação ao governo no congresso, por que não se posicionam junto ao ministério das minas e energia, que indica os " conselheiros" da ANEEL. A citada agência, a exemplo de outras, serve apenas de cabide de emprego; a ANEEL, não tenhamos dúvidas, está a serviço das concessionarias e não do povo; de reguladora não tem nada, isso é fato. Em lugar de ficar batendo boca com os porcos, deveriam dirigir-se aos donos dos porcos, para usar uma expressão popular. Observa-se que eles são pródigos e fluentes em se manifestarem nas redes sociais, demonstrando suas insatisfações em determinadas situações, mas são devagar quase parando, para pedir uma audiência junto a um ministro de Estado, para tratar de tema específico, ou ao Presidente da República. Observa-se que eles ficam atuando na periferia, em lugar de se dirigirem ao centro, ou seja, cobrar de quem tem o poder de decidir. Aqui, para usar uma expressão cunhada por Nelson Rodrigues: COMPLEXO DE VIRA-LATA. Isso mesmo, os parlamentares rondonienses sofrem do " complexo de vira-lata". Por complexo de vira-lata entende-se a inferioridade em que os nossos parlamentares se colocam, voluntariamente, em relação aos parlamentares das outras unidades da Federação. Por que isso ocorre? Isso ocorre porque não estão preparados para o exercício do cargo, sem contar que estão mal assessorados. Caberia a assessoria informá-los que, qualquer posicionamento que venham a tomar será sempre em nome do povo que o elegeu. A nossa Constituição outorga aos deputados federais a agirem com independência, junto a quaisquer órgãos da União, inclusive, junto a Presidência da República.

  • 3
    image
    Marcos Britto 11/12/2019

    Povo de Rondônia,o aumento não afeta os senhores FEUDAIS, vamos as ruas em protestos proletários,essa farça tem que vir a tona🤔🤔🤔

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook