Vereadores pedem fiscalização do MP na hemodiálise

Metade dos parlamentares assinaram ofício enviado ao procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual

Da redação Rondoniaovivo
Publicada em 08 de novembro de 2021 às 17:10
Vereadores pedem fiscalização do MP na hemodiálise

Seis dos 12 vereadores de Cacoal assinaram um ofício dirigido ao procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), Ivanildo de Oliveira, para que o órgão faça fiscalizações no Centro de Hemodiálise da cidade, que foi assumido no mês de fevereiro deste ano pela Prefeitura comandada por Adailton Fúria (PSD).

Entre os 13 pedidos encaminhados ao MPE está a verificação “se a requisição feita pela Prefeitura para administrar a Unidade de Tratamento a partir de fevereiro de 2021 preenche os requisitos legais, tendo em vista que já foi renovada”.

Outra demanda importante pedida ao Ministério Público Estadual: “se há veracidade nos laudos que apontam contaminação nos equipamentos e assim se comprove se houve ou não, a contaminação da água nas máquinas utilizadas para diálise entre fevereiro e outubro deste ano”.

E provavelmente, o requerimento mais importante: a apresentação dos atestados de óbitos dos 33 pacientes que morreram entre fevereiro e outubro deste ano.

No final do documento, os vereadores também solicitaram que procurador-geral informe a Câmara Municipal de Cacoal se existe a possibilidade do Ministério Público intervir para que o Governo do Estado assuma a responsabilidade de administrar o Centro de Hemodiálise da cidade.

Assinaram o ofício os vereadores (incluindo dois da base aliada do prefeito Adailton Fúria): Zivan Almeida (PSC), Lauro Garçom do Semáforo (PSD), Paulo Henrique (PTB), Paulinho do Cinema (PSB), Romeu Moreira (DEM) e Corazinho (PV).

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook